Hino

Hino

Da capela erguida outrora

Santa Cruz da baixinha – berço teu
Tú vieste crescendo até agora
Com bem que o céu concedeu

Capela do Alto, aguarda a aurora
De um porvir luminoso, sem par
Que teu povo merece gozar

No alto construída,
O alto é teu lugar.
Vê de lá teu povo dado ao bem,
Contente a trabalhar.

A gente tua, unida,
Na fé, na oração,
Faz melhorar a vida de amanhã
Da nova geração.

Tua generosidade
Foi exemplo dos bravos que ficou.
Teu futuro é ser a cidade
Que o monge profetizou


Capela do Alto, teu destino
Há de ser como o Monge falou
E que o povo a rezar desejou.

No alto construída,
O alto é teu lugar.
Vê de lá teu povo dado ao bem,
Contente a trabalhar.

A gente tua, unida,
Na fé, na oração,
Faz melhorar a vida de amanhã
Da nova geração.

 

Letra: Prof. Ary V. Albuquerque
Arranjo: Cláudio Sete


Brasão

 

O Brasão de Armas do município foi instituído pela Lei 38/66, de 10 de fevereiro de 1966, obedecendo a seguinte discrição, quais sejam:
“Escudo português, cortado. No chefe, em blau, um monte de sable, com sol nascente em ouro. Em ponta, em prata, uma capela de goles. Coroa mural, lavrada, de ouro, malhada de sable. Um ramo de laranjeira frutificada, em cor natural, à destra e um ramo de milho, frutificado, em cor natural, à sinistra, servem de suportes ao escudo. No listel, de goles, a divisa UNITAS ET FIDES de prata”

As discrições apresentam uma séries ícones, que de acordo com legislação municipal, simbolizam características econômicas e evidenciam o perfil sócio-cultural do municípios, à saber:

“O escudo português, tradicionalmente usado no Brasil, lembra a nossa tradição lusa. O azul, vem recordar a limpidez e a maravilha do céu de Capela do Alto, que recortado pelo perfil de um monte, lembra-nos o Morro do Ipanema que se alteia sobranceiro sobre a cidade. O sol nascente simboliza a alegria pela certeza de dias de grande progresso a comuna que surge. A prata que envolve a capela lembra aquela quase certeza de que grandes veios do minério havia em toda a fralda do Ipanema. Esta lenda, embora desfeita, nem por isso deixou de ser atração de inúmeros forasteiros a esta região. A capela lembra o originário orago em torno do qual, em terras do Itarassú fundou-se a vila, hoje cidade de Capela do Alto.

Lembra também a civilização e a fé trazidas por aqueles que, deixando o Ipanema, por estas bandas se embrenharam. Os suportes, de laranja e milho, lembra algumas das lavouras que tem sido o baluarte da economia capelense. A coroa mural de ouro, que encima o brasão, é o símbolo universal da emancipação municipal. A divisa com escritas em latim UNITAS ET FIDES, que quer dizer UNIÃO E FÉ, traz-nos sempre a mente o fato singelo de que o município se criou em torno de uma capela e de desenvolve pela união dos seus filhos, continuando até hoje, em torno de sua agora majestosa Igreja, e com a mesma união de sua gente, a caminhar, sob a proteção do Criador, em busca de maiores vitória e de imprevisível progresso”

esic

Sessões Ordinárias

Todas as Quartas às 19:00 horas no Plenário da Câmara Municipal.

Horário de Atendimento

De segunda à sexta das 08:30 às 12:00 horas – Das 13:00 às 16:00 horas.

TELEFONES

(15) 3267 – 1346

(15) 3267 – 1517

(15) 3267 - 2176